A linguagem simbólica oferece muita dificuldade no estudo das Escrituras. Porém, ainda quando nos tenhamos de limitar à explicação defeituosa de algumas palavras, cremos que se ganhará algo recapitulando e familiarizando-se com as seguintes:

Abelha, símbolo dos rei s da Assíria (Isaías 7:18), os quais em seus escritos profanos (hieróglifos) também são representados por esta figura; às vezes simboliza também, de um modo geral, um poder invasor e cruel. (Deut. 1:44; Salmo 118:12.)

Adultério, infidelidade, infração do pacto estabelecido e consequente símbolo da idolatria, especialmente entre o povo que tem conhecido a verdade. (Jer. 3:8,9; Ezeq. 23:37; Apoc. 2:22.)

Águia, poder, vista penetrante, movimento no sentido mais elevado. (Deut. 32:11,12.)

Alfarroba, palha, nulidade, juízo do mal.

Âncora, esperança (Heb. 6:19.)

Arca, Cristo. (1 Ped. 3:20, 21; Heb. 11:7.)

Arco, símbolo de batalha e de vitória (Apoc. 6:2); às vezes também de engano, porquanto se pode quebrar ou atirar o falso. (Os. 7:16; Jer. 9:3.)

Árvores, as altas, símbolo de governantes. (Ezeq. 31:5 - 9); as baixas, símbolo do povo comum. (Apoc. 7:1; 8:7.)

Azeite, fortaleza pela unção, dai a vida e força que infunde o Espírito de Deus (Tiago 5:14.) Azul, o celeste, o céu. (Ester 8:15.) Babilônia, símbolo de u m poder idólatra que persegue as igrejas de Cristo, referindo - se de um modo particular ao poder romano, pagão e papal. (Isaías 47:12; Apoc. 17:13; 18:24.)

Balança, símbolo de trato integro e justo. (Jó 31:6.) Tratando - se da compra de viveres, simboliza a escassez. (Lev. 26:26; Ezeq. 4:16; Apoc. 6:5.)

Berilo, prosperidade, magnificência. (Ezeq. 1:16; 28:13.)

Besta, símbolo de um poder tirano e usurpador, porém às vezes só de um poder temporal qualquer. (Dan. 7:3,17; Ezeq. 34:28.)

Bode, veja Macho caprino .

Boi, submissão.

Bosque, símbolo de cidade ou reino, representando suas árvores altas os regentes ou governadores. (Isaías10:17 - 34; 32:19; Jer. 21:14; Ezeq. 20:46).

Braço, símbolo de força e poder; braço nu e estendido significa o poder em exercício. (Salmo 10:15; Isa. 52:10; Salmo 98:1; Êxodo 6:6.) Cabras, símbolos dos maus em geral. (Mat. 25:32, 33.)

Cadeia, escravidão. (Mar. 5:4.)

Calcedônia, pureza.

Cálice, símbolo de luxúria provocante. (Apoc. 17:1), também de ritos idólatras. (1 Cor. 10:21) e também da porção que cabe a alguém. (Apoc. 14:10; 19:6.)

Cana, fragilidade humana. (Mat. 12:20.)

Cão, símbolo de impureza e apostasia. (Prov, 26:11; Fil. 3:2; Apoc. 22:15); também de vigilância. (Isa. 56:10.)

Carneiro, símbolo dos reis em geral e especialmen e do rei persa. (Dan. 8:3 - 7, 20.)

Carro, símbolo do governo ou proteção. (2 Reis 2:12.) Crê-se que Isaías 21:7 se refere a Ciro e Dario, e Zac. 6:1 a quatro grandes monarquias, enquanto os carros de Deus no Salmo 68:17 e Isaías 66:15 designam as hostes do céu.

Casamento, símbolo de união e fidelidade no pacto ou aliança com Deus e por conseguinte da perfeição. (Isaías 54:1 - 6; Apoc.19:7; Efés. 5:23 - 32.)

Cavalo, símbolo de equipamento de guerra e de conquista (Zac. 10:3); símbolo também da rapidez (Joel 2:4 ); ir a cavalo ou "subir sobre as alturas", designa domínio (Deut. 32:13; Isa. 58:14.)

Cedro, força perpetuidade. (Salmo 104:16.)

Cegueira, incredulidade. (Rom. 11:25.)

Céu e terra, usa - se esta expressão num triplo sentido: 1° - invisível e moral; 2° - visível e literal; 3° - político. Usando-se em sentido político, céu simboliza os regentes, terra o povo, os dois juntos formando um reino ou um estado. (Isa. 51:15, 16; 65:17; Jer. 4:23, 24; Mat. 24:29.) Cair do céu é perder a dignidade ou autoridade; céu aberto indica uma nova ordem no mundo político; uma porta aberta no céu indica o princípio de um novo governo. (Hab. 2:6 - 22.) O sol, a lua e as estrelas simbolizam as autoridades superiores e secundárias. (Isa. 24:21,23; Joel 2:10; Apoc. 12:1.)

Chave, símbolo de autoridade, do direito de abrir e fechar. (Isa. 22:22; Apoc.1.18; 3:7; 20:1.)

Chuva, influência divina (Tiago 5:7.)

Cinturão, apertado, pronto para o serviço; frouxo, repouso.

Cinzas, tristeza, arrependimento. (Jó 42:6; Dan. 9:3.)

Cobre, (metal , bronze), símbolo de endurecimento. (Isa. 48:4; Jer. 6:28); também de força e firmeza. (Salmo 107:16.)

Comer, símbolo da meditação e participação da verdade. (Isa. 55:1, 21); símbolo também dos resultados de conduta observada no passado. (Ezeq. 18:2); símbolo ainda da destruição da felicidade ou propriedade de alguma pessoa. (Apoc. 17:16; Salmo 27:2.)

Cores, preto, símbolo de angústia e aflição (Jó 30:30; Apoc. 6:5 - 12); amarelado, símbolo de enfermidade mortal (Apoc. 6:8); vermelho, de derramamento de sangue ou de vitória (Zac. 6:2; Apoc. 12:3), ou do que não se pode apagar (Isa. 1:18); branco, de formosura e santidade (Ecl. 9:8; Apoc. 3:4); branco e resplandecente era a cor real e sacerdotal entre os judeus, como a púrpura entre os ramons.

Corno, símbolo de poder. (Deut. 33:17; 1 Reis 22:11; Miq. 4:13); símbolo também de dignidade real (Dan 8:9; Apoc. 13.1.) Os cornos do altar constituíam um refúgio seguro. (Êxodo 21:14.)

Coroa (diadema), símbolo de autoridade conferida (Lev. 8:9) também de autoridade imperial e de vitória. (Apoc. 19:12.)
Crisólito , glória manifesta.

Crisópraso, paz que sobrepuja todo entendimento. (Apoc. 21:20.)

Crocodilo ou dragão, símbolo do Egito, e em geral de todo poder anticristão. (Isa. 27:1; 51:9; Ezeq. 29:3; Apoc. 12:3; 13:1.)

Cruz, sacrifício. (Col. 2:14.)

Dez, simboliza a plenitude, ou completo. (Mateus 18:24.)

Egito, símbolo de um poder orgulhoso e perseguidor, como Roma. (Apoc. 11:8.)

Embriaguez, símbolo da loucura do pecado (Jer. 51:7); e da estupidez produzida pelos juízos divinos. (Isa. 29:9.)

Enxofre, símbolo de tormentos. (Jó 18:15; Salmo 9:6; Apoc.14.10; 20:10).

Escarlata, sendo cor de sangue, a vida. (Isa. 1:18.)

Esmeralda, esperança.

Espinhos, abrolhos e roseiras bravas, más influências.

Ferro, severidade. (Apoc . 2:27.)

Filha, povoação, como se esta fora mãe.

Fogo, símbolo da Palavra de Deus (Jer. 23:29; Hab. 3:5); símbolo também de destruição (Isa. 42:25; Zac. 13:9); de purificação (Mal. 3:2); de perseguição (1 Pedro 1:7); de castigo e sofrimento (Mar. 9:44.)

Fronte, denota, segundo a inscrição ou sinal que leva, um sacerdote (Lev. 8:9); um servo ou um soldado (Apoc. 22:4). Os servidores dos ídolos levavam igualmente, como hoje, um sinal, um nome ou um numero em sua testa. (Apoc. 13:16).

Fruto, manifestações das atividades da vida. (Mateus 7:16.)

Harpa, símbolo de gozo e de louvor (Salmo 49:4; 33:2; II Crôn. 20:28; Isaías 30:32; Apoc.14:1,2).

Hissopo, purificação. (Salmo 51:7.)

Incenso, símbolo de oração (queimava-se. com fogo tomado do altar dos perfumes). (Salmo 141:2; Apoc. 8:4; Mal. 1:11.)
Jacinto e Ametista , promessas de glórias futuras.

Jaspe, paixão, sofrimento.

Lâmpada (candelabro, símbolo de luz, gozo, verdade e governo) (Apoc. 2:5). Em 1 Reis11:36, indica-se com a existência da "lâmpada sempre", que a Davi nunca faltará sucessor. (Salmo 132:17.)

Leão, símbolo de um poder enérgico e dominador. (2 Reis 23:33; Am6s 3:8; Dan. 7:.4; Apoc. 5:5.)

Leopardo (tigre), símbolo de um inimigo cruel e enganoso. (Apoc. 13:2; Daniel 7:6; Isa. 11:6; Jer. 5:6; Hab, 1:8 .)

Lepra, pecado asqueroso. (Isa, 1:6.)

Lírio, formosura, pureza.

Livro, o livro do testemunho entregue ao rei simbolizava a inauguração do reino (2 Reis, 11:2); um livro escrito por dentro e por fora , símbolo de uma longa série de acontecimentos; um livro selado , símbolo de segredos; comer um livro , símbolo de um estudo sério e profundo (Jer. 15:16; Apoc. 10:9); o livro de vida , memória em que estão os redimidos (Esd. 2:62; Apoc. 3:5); um livro aberto , símbolo do princípio de um juízo. (Apoc. 20:12.)

Luz, conhecimento, gozo. (João 12:35.)

Macho caprino (bode), símbolo dos reis macedônios, especialmente de Alexandre (Dan. 8:5 - 7).

Mãe, símbolo do produtor de alguma coisa (Apoc. 17:5, como por exemplo, de uma cidade cujos habitantes se chamam seus filhos (2 Sam. 20:19; Isa. 49:23); de uma cidade central , cujos povoados satélites se consideram suas filhas (Isa. 50:1; Os. 2:2,5); símbolo também da Igreja do Novo Testamento. (Gil. 4:26.)

Maná, símbolo de alimento espiritual e imortal. (Apoc. 2:17; veja-se Êxod o 16:33,34.)

Mãos, símbolo de atividade. Dai mãos limpas, mãos cheias de sangue indicam feitos correspondentes, puros ou sangrentos. (1 Tim. 2:8; Isa. 1:15.) Lavar as mãos , significa expiação de culpa ou protesto de inocência de culpa. (1 Cor. 6:11; 1 Tim. 2:8.) Mão direita , símbolo de posto de honra. (Mar. 16:19.) Dar as destras, símbolo de participação de direitos e bênçãos. (Gál. 2:9.) Dar a mão, equivale a render-se. (Salmo 68:31; 2 Crôn. 30:8.) Levantar a destra , era sinal de juramento. (Gên. 14:22; D an. 12:17.) Marcas nas mãos , símbolo de servidão e idolatria. (Zac. 13:6.) As mãos postas sobre a cabeça de alguém , símbolo de submissão de bênção, de autoridade ou de culpa. (Gên 48:14 - 20; Dan. 10:10.) Mãos de Deus , postas sobre um profeta, indica influência espiritual (1 Reis 18:46; Ezeq. 1:3; 3:22); o dedo indica influência menor; o braço, influência maior.

Medir (partir, dividir), símbolo de conquista e possessão. (Isa. 53.12; Zac. 2:2; Am6s 7:17.)

Montanha, símbolo de grandeza e estabilidade. (Isa. 2: 2; Dan. 2:35.)

Morte, separação, separação de Deus, insensibilidade espiritual. (Gál. 3:3; Rom. 5:6; Mat. 8:22; Apoc. 3:1.)

Olhos, símbolo de conhecimento, também de glória, de fidelidade (Zac. 4:10), e de governo. (Núm. 10:31.) Olho maligno significa in veja. Olho bom , liberalidade e misericórdia.

Ouro, realeza e poder. (Gên. 41:42.)

Palmeira, palmas, realeza, vitória, prosperidade.

Pão, pão da vida, Cristo; alimento; meio de subsistência espiritual. (João 6:35.)

Pedras preciosas, símbolo de magnificência e formosura. (Apoc. 4:3, 21; Êxodo 28:17; Ezeq. 28:13.)

Peixes, símbolo de governadores das gentes. (Ezeq. 29:4, 5; Hab. 1:14.)

, fragilidade do homem. (Ecles. 3:20; Jó 30:19.)

Pomba, influência suave e benigna do Espírito de Deus. (Mat. 3:16.)

Porco, impureza e gula. (Mat. 7:6.)

Porta, sede do poder; poder (João 10:9.)

Primogênitos, estes tinham autoridade sobre seus irmãos menores; eram os sacerdotes da família, e consagrando-se a Deus, santificavam sua família por esta consagração; cabia-lhes porção dobrada na herança. Simbolizam de certo modo a Cristo. (Gên. 20:37; Êxodo 24:5; 13:1, 13; Deut. 21:17; Heb. 2:10, 11; 3:1; Col. 1:12.)

Púrpura, o real, o romano. (Dan. 5:7; Apoc. 17:4.)

Querubins, símbolo, crêem alguns, da glória soberana de Deus; no Apocalipse, dos redimidos; segundo outros, das perfeições de Deus, manifestas sob suas diversas formas. (Veja - se Gên. 3:24; Êxodo 25:18, 22; 37:7, 9; Lev.16:2; Núm. 7:8, 9; 1 Reis 6:23; 8:7; 2 Crôn. 3:10, 13; Ezeq. 1:10.)

Ramos, ou rebentos, símbolo de filho ou descendentes.

Raposa, engano, astúcia. (Lucas 13:32.)

Rãs, símbolo de inimigos imundos e impudicos. (Apoc, 16:13.)

Rocha, fortaleza, abrigo, refúgio.

Safira, verdade.

Sal, conservação, incorrupção, permanência.

Sangue, vida. (Gen. 9:4.)

Sardônica, amor, ternura, pena, purificação.

Sega, época da destruição. (Jer. 5:33; Isa, 17:5; Apoc. 14:14 - 18). A sega (messe) é também símbolo do campo para os trabalhos da Igreja. (Mat. 9:37.)

Sete, número, por assim dizer, divino; a soma de três que simboliza a Trindade e quatro que simboliza o Reino de Deus na terra, e portanto, a união do finito e o infinito. O Deus-Homem, por exemplo, se representa pelos sete candelabros de ouro. Este número ocorre com muita freqüência na Escritura. (Apoc. 4:5.)

Terremoto, símbolo de agitação violenta no mundo político e social. (Joel 2:10; Ageu 2:21; Apoc. 6:12.)

Topázio, alegria do Senhor.

Touro, (novilho), símbolo de um inimigo forte e furioso. (Salmo 22:12; Ezeq. 39:18.) Novilhos indicam o povo comum, e os estábulos , casas e povoações. (Jer. 50:27.)

Trombeta, sinal precursor de acontecimentos importantes. (Apoc. 6:6.)

Urso, símbolo de um inimigo cegado, feroz e temerário. (Prov.17:12; Isa. 11:7; Apoc. 13:2.)

Uvas, as maduras , símbolo de gente madura para o castigo (Apoc. 14:18); as recolhidas , símbolo de gente levada em cativeiro. (Jer. 52:28 - 32.)

Vento, impetuoso , símbolo de conturbação; detido , símbolo de tranqüilidade. (Apoc. 7:1; Jer. 25:31, 33.)

Vestiduras, denotam qualidades interiores e morais; vestiduras brancas , símbolo de pureza, de santidade e de felicidade. (Isa. 52:1; Apoc. 3:4; Zac. 3:3.) Dar as vestiduras a alguém era sinal de favor e amizade. (l Sam. 17:38.)

Véu, do templo, corpo de Cristo. (Heb. 10:20.)

Vinha, símbolo de grande fecundidade; vindima , símbolo de destruição. (Jer. 2:21; Os. 14:7; Apoc. 14:18, 19.)

Virgens, símbolo de servos fiéis que não se mancharam com a idolatria. (Apoc. 14:4.)

Lembramos que só se deve fazer uso destas interpretações no caso de usar-se as palavras aclaradas em sentido simbólico.

Extraído do livro "Hermenêutica, Regras de Interpretação das Sagradas Escrituras"

0 comentários:

Postar um comentário

Tags

10 Mandamentos 1Coríntios 1Reis 1Samuel 1Tessalonicenses 1Timóteo 2Coríntios 2Reis 666 Aborto Abraão Adão Adultério Adventismo Alá Albert Einstein Aleluia Allan Kardec Alma Amalequitas Ameaça Amizade Amor Aniversário Anjos Anti Cristo Antigo Testamento Apocalipse Apócrifos Apologética Apóstolos Arca de Noé Arminianismo Arqueologia Arrebatamento Arrependimento Árvore da Vida Ateismo Baruque Bate-Seba Batismo Besta Bíblia Big Bang Bizarro Blasfêmia Bode Bode Expiatório Bondade Bruxas Budismo Caim Calvinismo Candomblé Cântico dos Cânticos Caridade Carma Carnaval Carne Casamento Catolicismo Cavaleiros do Apocalipse Celebridades Céu Ciência Cientologia Cinema Circuncisão Ciúmes Classe Social Coliseu Colossenses Condenação Confissão Positiva Confucionismo Conhecimento Conhecimento Histórico Coração Cordeiro Corpo Corpus Christi Cosme e Damião Cotidiano Crenças Crentes Criacionismo Crianças Criminosos Cristão Cristianismo Crucificação Cruz Culpa Cura Curiosidades Daniel Darwin Davi Decepção Demônios Desenhos Deus Deuteronômio Devocional Diabo Dificuldades Bíblicas Dilma Rousseff Dilúvio Dinossauros Disney Dízimos e Ofertas Dons Espirituais Doutrinas Dúvidas Eclesiastes Éfeso EG White Egito Elanã Eliseu Erros Esperança Espiritismo Espírito Santo Esportes Estudos Bíblicos Evangelho Evangelho de João Evangelho de Lucas Evangelho de Marcos Evangelho de Mateus Evangelismo Evolucionismo Êxodo Ezequiel Facebook Falsos profetas Famosos Fanatismo Fantasmas Faraó Farsas Fatos Filantropia Filmes Filosofia Fim dos Tempos Física Fome Força Fraqueza Gaio Gálatas Ganância Gênesis Gideão Glória Golias Graça Hamas Hebreus Heresias Heróis Homem Homossexualismo Humilhação Igreja Igreja Evangélica Imagens Incenso Infantil Infarto Inferno Inquisição Interessante Internet Invocação Isaías Islamismo Israel Jardim do Éden Jeremias Jesus Cristo Jezabel João Batista João Calvino Jogos John Piper Jonas Josué Jovem Rico Jovens Judá Judaísmo Judas Judas Iscariotes Ladrão Laodicéia Leão Lei Leitura Levítico Liberdade Línguas Estranhas Listas Livro de Jó Livros da Bíblia Lua Lúcifer Lucro Lutero Mal Malaquias Maldade Maldição Maldições Hereditárias Manassés Maomé Marca Marca da Besta Marco Feliciano Maria Médium Melquisedeque Mentira Microcefalia Mirra Mitos Moisés Mormonismo Morte Motivacional Muçulmanos Mulheres Múmias Musica Namoro Natal Nefilins Neopentecostal Nero Noé Noticias Novela Novo Testamento Números Obelisco Ocultismo Ódio Oração Oráculos Orgulho Orixás Oséias Ouro Ovelhas Paganismo Pai Papa Para Refletir Parábolas Páscoa Paulo de Tarso Paz Pecado Pedofilia Pedro Pentateuco Perseguição Pobreza Polêmica Política Poltergeist Possessão Demoníaca Predestinação Preguiça Profecia Profetas Provações Psicologia Purgatório Raabe Raul Seixas Rede Globo Redes Sociais Reforma Protestante Reis Religião Ressurreição Revolução Riqueza Rocha Roma Rosa de Saron Sábado Salmos Salomão Salvação Samaritanos Sangue Santos São Jorge Satanás Satanismo Saul SBT Segunda Vinda Seio de Abraão Seitas Semana Santa Senaqueribe Sentimento Sete Espíritos Sexualidade Sinais Síndrome Sinistro Síria Sobrenatural Socialismo Sol Sonhos Stephen Hawking Subliminar Sugestões Suicídio Taoismo Televisão Templo de Salomão Teologia Teologia da Prosperidade Terra Terra Prometida Testemunhas de Jeová Textos Transformação Trindade Trono Tutancâmon Twitter UFO Universalismo Universo Verdade Vida Vídeos Violência Youtube Zacarias